Publicidade

Estado de Minas

Zema se reúne com Bolsonaro e outros governadores sobre pacto federativo e repasses da União

Encontro foi realizado na residência oficial do presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP)


postado em 08/05/2019 20:17

(foto: Marcos Brandão/Senado Federal)
(foto: Marcos Brandão/Senado Federal)

O governador de Minas, Romeu Zema (Novo) participou, nesta quarta-feira, de um café da manhã com o presidente Jair Bolsonaro (PSL) e outros governadores. Na pauta, eles discutiram a situação financeira dos estados, principalmente, pelos repasses da União e também aspectos do pacto federativo.

Em troca, o presidente pediu empenho para convencer as bancadas estaduais a votarem a favor da reforma da Previdência. No caso específico do estado, Zema apontou a revisão da Lei Kandir como prioridade para ajudar o estado a se recuperar financeiramente.


A reunião do presidente com os governadores ocorreu na residencial oficial do presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), que organizou o evento. No encontro, os governadores entregaram a Bolsonaro uma carta com reivindicações em comum dos estados.


“A questão mais importante para o Estado é a revisão da Lei Kandir. Já há uma judicialização da questão, Minas Gerais e São Paulo são os Estados com mais recursos a receber. Mas sabemos que não adianta ganhar na justiça e o credor, que é o governo federal, não ter recursos para arcar.”, afirmou Zema.


O governador de Minas considera que é necessário um esforço para criar uma nova forma para resolver a questões sem enforcar os estados. “Precisamos achar uma nova forma de os Estados exportadores terem uma espécie de ressarcimento e compensação. Temos no Estado centenas de empresas exportadoras que estão acumulando créditos há anos e não tem como ver esses recursos de volta. Isso, a longo prazo, vai inclusive prejudicar as exportações não só de Minas, mas do Brasil”, completou.


Zema aproveitou ainda para visitar parlamentares de Minas e pedir esforço para aprovar a reforma da Previdência.

 Investidor tem que ter coragem


Em sua fala os governadores, Bolsonaro disse que a situação atual exige esforço de todos, cedendo um pouco agora para que o futuro possa trazer ganhos a todos. O presidente disse ainda que o cenário atual exige coragem dos investidores.

“A gente te que facilitar a vida de quem quer produzir e de quem tem coragem ainda de investir no Brasil Que é um esporte de autíssimo risco, dadas as situações que nos ainda encontramos”, afirmou aos governadores.


Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade