Publicidade

Estado de Minas

Reportagem apura que menina não se recusou a cumprimentar Bolsonaro em cerimônia

Após a postagem do presidente, os internautas perceberam o ocorrido e o vídeo viralizou nas redes sociais


postado em 20/04/2019 13:08 / atualizado em 21/04/2019 17:52

 

O vídeo em que uma menina aparentemente se recusou a cumprimentar o presidente Jair Bolsonaro (PSL) e viralizou nas redes sociais, na verdade, não traz essa situação. O caso aconteceu durante a celebração de Páscoa, na última quarta-feira, no Palácio do Planalto, em Brasília.

A criança, identificada como Yasmin, é aluna da escola Classe 1 da Estrutural, localizada na região periférica da Capital Federal. O presidente chegou a postar o vídeo do encontro com as crianças em seu perfil oficial no Twitter.


Neste domingo, o Estadão informou que teve acesso, por meio de uma fonte do governo, ao vídeo com legenda onde é possível ouvir o presidente perguntando às crianças se elas eram palmeirenses. É nesse contexto que a menina faz sinal de negativo para o presidente. Diferentemente do que havia sido divulgado inicialmente.   

 

 
Durante o evento, Jair Bolsonaro, acompanhado da primeira-dama, Michelle, sorri e pega algumas crianças no colo. Ele cumprimenta alguns estudantes, mas Yasmin cruza os brazos e evita contato com o presidente. 
 
Em seu tweet, Bolsonaro afirmou: "Ensina a criança o caminho que deve andar e mesmo quando for velho, não se desviará dele (Provérbios 22:6). Vamos cuidar do futuro do Brasil!". 
 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade