Publicidade

Estado de Minas

Bolsonaro decidirá sobre fim do horário de verão na semana que vem

Há uma semana, presidente pediu ao ministro Bento Albuquerque um estudo sobre o assunto. Semana passada, o Parlamento Europeu decidiu acabar com essa medida a partir de 2021


postado em 01/04/2019 20:33

(foto: Beto Novaes/EM)
(foto: Beto Novaes/EM)
Jerusalém, Israel –
O presidente Jair Bolsonaro estuda acabar com o horário de verão e poderá tomar uma decisão a partir da próxima semana. A informação é do ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque. Segundo ele, o Bolsonaro pediu, uma semana atrás, que ele fizesse um estudo a apresentasse para ele sobre essa possibilidade. Na semana passada, o Parlamento Europeu aprovou o fim do horário de verão no continente a partir de 2021.
 
“Por acaso, o presidente Bolsonaro, uma semana atrás, mandou que eu estudasse e apresentasse para ele. Eu estou terminando o estudo sobre essa questão do horário de verão. Para ele poder decidir”, disse Albuquerque nesta segunda-feira (01/04). O ministro participa da comitiva da visita oficial do presidente brasileiro ao primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, e adiantou que, a partir da próxima semana ele poderá apresentar suas conclusões “quando o presidente quiser”.
 
O titular do MME evitou adiantar a sua avaliação. “A minha opinião técnica eu vou dar para o presidente. Os estudos estão praticamente encerrados”, garantiu. Segundo ele, a avaliação não será isolada apenas pela questão da economia com o fato de alguns estados brasileiros adiantarem o relógio em uma hora. Os valores da economia costumam ser pouco expressivos. “Entram outros fatores além da economia existem outros fatores. E isso será apresentado ao presidente. Ele tem muito interesse nesse assunto. E eu estarei pronto a partir da semana que vem”, afirmou.


Publicidade