Publicidade

Estado de Minas POLÍTICA

Não tem problema nenhum, diz deputado do PSL sobre assessora autora de fake news

Bruno Engler (PSL-MG) aparece em vídeo ao lado de Fernanda Salles, que também é assessora em seu gabinete


postado em 11/03/2019 19:09 / atualizado em 11/03/2019 19:52


Em vídeo publicado nesta segunda-feira, 11, o deputado estadual de Minas Gerais, Bruno Engler (PSL) aparece ao lado de Fernanda Salles, autora da matéria com informações falsas a respeito de áudio gravado com a jornalista do Estadão, Constança Rezende. Fernanda é contratada no gabinete de Engler e simultaneamente trabalha para o site "Terça Livre".


Na gravação, Engler confirma que Fernanda é sua assessora de imprensa, e diz que "não tem problema nenhum ela trabalhar para mim e trabalhar para o Terça (Livre)". O deputado também esclarece que a carga horária de Fernanda é de seis horas diárias, a pedido dela, para também ter disponibilidade de escrever para o site.

O deputado também acusa o Estado de "tentar inverter a narrativa", ao "desqualificar" Fernanda Salles por ser assessora de um político e simultaneamente produzir conteúdo considerado jornalístico. Engler também questiona o motivo do jornal norte-americano Washington Times supostamente não ser alvo de críticas.

Fernanda também se manifesta no vídeo, acusando a grande mídia de tentar "fazer uma 'cortina de fumaça' para os fatos expostos", além de dizer que "(nós) prezamos pela verdade".

O site para qual Fernanda escreve reúne ativistas conservadores e simpatizantes ao governo Jair Bolsonaro e, neste domingo, 10, atribuiu falsamente à repórter Constança Rezende a declaração "a intenção é arruinar Flávio Bolsonaro e o governo", ao tratar da cobertura jornalística sobre as movimentações suspeitas de Fabrício Queiroz, ex-motorista do senador e filho mais velho do presidente.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade