Publicidade

Estado de Minas POLÍTICA

PF pede e magistrada prorroga inquérito que investiga ex-diretor da Dersa


postado em 08/03/2019 07:51

A juíza Gabriela Hardt, da 13.ª Vara Criminal Federal de Curitiba, prorrogou o inquérito que investiga o ex-diretor da Dersa Paulo Vieira de Souza - apontado pela Lava Jato como operador de propinas do PSDB e da Odebrecht - por suposta lavagem de dinheiro. A decisão acolhe pedido da Polícia Federal, que investiga o caso. O prazo para o término desta investigação era terça-feira passada, dia 5 de março. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade