Publicidade

Estado de Minas

"O presidente não admitiu baixar", diz líder na Câmara sobre idade mínima para aposentadoria

A deputada Joice Hasselmann deu a declaração um dia depois de o presidente admitir que poderia baixar a idade mínima para mulher se aposentar


postado em 01/03/2019 11:53

 Joice Hasselmann(foto: MARCELO CHELLO/CJPRESS/ESTADÃO CONTEÚDO)
Joice Hasselmann (foto: MARCELO CHELLO/CJPRESS/ESTADÃO CONTEÚDO)

A líder do governo na Câmara, deputada Joice Hasselmann (PSL/SP), disse, nesta sexta-feira, que o presidente Jair Bosonaro (PSL) não admitiu que poderá rever a idade mínima para aposentadoria. No projeto  do governo  para a reforma da Previdência, há pouco mais de uma semana para o congresso, está previsto 62, para mulheres, e 65, para homens.

O presidente Jair Bolsonaro afirmou, nessa quinta-feira (28), durante café da manhã com jornalistas, que cogita rever alguns pontos da proposta de reforma da Previdência, inclusive a idade mínima de aposentadoria para as mulheres, que poderia passar de 62 para 60 anos.

Em entrevista ao Jornal da CBN, adeputada federal disse que o presidente  mandou apenas um recado de que está ouvindo os parlamentares e disposto a negociar. "A questão da idade mínima, o presidente não admitiu baixar, ele admitiu conversar. E nós temos que conversar sobre tudo", disse.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade