Publicidade

Estado de Minas POLÍTICA

Bolsonaro se reúne rapidamente com Lorenzoni na manhã desta segunda-feira

Lorenzoni permaneceu no local por cerca de 30 minutos e deixou o Alvorada pouco depois das 8h


postado em 18/02/2019 08:20 / atualizado em 18/02/2019 08:43

O ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, chegou por volta das 7h30 desta segunda-feira, 18, ao Palácio da Alvorada, residência oficial da Presidência da República, para se encontrar com o presidente Jair Bolsonaro. Lorenzoni permaneceu no local por cerca de 30 minutos e deixou o Alvorada pouco depois das 8h.

A agenda oficial de Bolsonaro não previa o encontro. O único compromisso de Bolsonaro divulgado pela Secretaria de Comunicação da Presidência era despacho interno no Palácio do Planalto, às 9h.

Nesta segunda-feira, é esperada a exoneração de Gustavo Bebianno do cargo de ministro da Secretaria-Geral Geral da Presidência. A edição regular do Diário Oficial da União (DOU) desta segunda está no ar desde cedo e não traz a exoneração do ministro, como era esperado. A edição do Diário Oficial é de responsabilidade da Casa Civil, chefiada por Onyx.

Conforme o jornal O Estado de S. Paulo antecipou no sábado, 16, o presidente Bolsonaro já estava com o ato de demissão do ministro assinado. O próprio ministro também já havia dito no sábado que tinha recebido sinalizações de que sua dispensa sairia no Diário Oficial de hoje. No entanto, o ato não veio publicado ainda, mas pode sair em edição extra ao longo do dia.

Bebianno vem sendo acusado de supostas irregularidades nas campanhas eleitorais do PSL ocorridas na época em que ele presidia o partido, que também tem o presidente Bolsonaro como filiado. A crise cresceu quando o vereador Carlos Bolsonaro, filho do presidente, chamou Bebianno de mentiroso, declaração que foi reforçada pelo próprio presidente.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade