Publicidade

Estado de Minas POLÍTICA

Conselhão apresentou 39 recomendações ao governo Temer, afirma Padilha


postado em 28/11/2018 12:14

Na 48ª reunião do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social, o chamado "Conselhão", o ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, apresentou um balanço das ações desenvolvidas pelo governo do presidente Michel Temer com base nas sugestões e propostas apresentadas pelo grupo.

De acordo com o ministro, o Conselhão apresentou 39 recomendações nos dois anos e meio de governo, que se desdobraram em 65 ações de governo, das quais 76% estão implementadas. Padilha detalhou também alguns dos principais avanços em setores como educação e saúde e destacou, principalmente, as ações tecnológicas que permitiram, de acordo com ele, uma maior eficiência do Estado, como o portal e-cidadão. De acordo com Padilha, 40% dos serviços que podem ser realizados por meio deste portal já possuem todas as etapas digitalizadas.

O ministro também afirmou que, ao longo dos trabalhos, foi identificado que os custos e prazos para legalizar as empresas no País eram excessivos e destacou que a reforma trabalhista permitiu a retomada do crescimento do emprego no Brasil, com a geração de mais de 750,5 mil vagas criadas desde então, segundo ele.

"Isso mostra o quanto a sociedade civil pode influenciar nas políticas de um país quando lhe é dada a oportunidade", destacou. Ao lado do seu sucessor, Onyx Lorenzoni, já indicado para assumir a Casa Civil a partir do ano que vem, Padilha disse que o próximo governo já demonstrou interesse em manter o conselho. Participam da reunião desta quarta-feira 41 conselheiros.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade