Publicidade

Estado de Minas POLÍTICA

Presidente do PRB nega ter se incomodado com sondagem a Russomanno para ministro


postado em 26/11/2018 16:03

O presidente do PRB, Marcos Pereira, negou que tenha se incomodado com a sondagem feita pelo governo de Jair Bolsonaro ao deputado de seu partido Celso Russomanno (SP), cotado para uma pasta que reuniria Esporte, Turismo e Cultura. Pereira disse que "muito o admira" ler que tenha ficado irritado. "Não é verdade isso", disse.

Reportagem do jornal O Estado de S. Paulo deste domingo, 25, mostrou que o modelo de negociação política adotado pelo presidente eleito para a formação do primeiro escalão do futuro governo já causa desconforto entre os "caciques" dos partidos do Centrão. Bolsonaro alijou os principais dirigentes do DEM, PP, PR, PRB e Solidariedade das conversas para a composição dos ministérios e cargos mais importantes da máquina federal ao passar a tratar das nomeações diretamente com deputados representantes de segmentos econômicos e sociais, reunidos em frentes parlamentares.

A sondagem a Russomanno sem o aval da direção nacional do partido teria causado desconforto entre os dirigentes, segundo apurou a reportagem.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade