Publicidade

Estado de Minas

Mozart Neves é o nome mais cotado para assumir ministério da Educação

Atualmente, o professor ocupa o cargo de diretor de Articulação e Inovação do Instituto Ayrton Senna


postado em 21/11/2018 16:16

(foto: Ricardo Matsukawa/Instituto Ayrton Senna)
(foto: Ricardo Matsukawa/Instituto Ayrton Senna)

O professor Mozart Neves, diretor de Articulação e Inovação do Instituto Ayrton Senna, deverá ser indicado ainda esta semana como o próximo ministro da Educação pelo presidente eleito, Jair Bolsonarono. Fontes ouvidas pelo Correio dizem que, entre o vários cotados, ele é o preferido das pessoas próximas ao futuro chefe do Executivo. A expectativa é que ele se reúna com Bolsonaro na tarde desta quinta-feira (22/11).


Neves trabalha no instituto criado por Viviane Senna, irmã do campeão de Ayrton Senna e um dos nomes que vinha sendo cogitado para o cargo. O nome do senador eleito pelo DF, Izalci Lucas, também foi cogitado, após ser levado como sugestão por deputados evangélicos.


Mozart foi secretário de Educação de Pernambuco e presidiu inúmeros órgãos e projetos federais sobre educação. Além disso, é químico formado pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), doutor em química pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e pós-doutor em Química pela Politécnica de Milão, na Itália.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade