Publicidade

Estado de Minas

Até o momento, oito vereadores disputam a presidência da Câmara de BH

Faltando mais de um mês para a data da escolha o número de parlamentares que querem concorrem ao pleito vem aumentando. Inscrições podem ser apresentados até momentos antes da votação


postado em 05/11/2018 17:55 / atualizado em 05/11/2018 18:12

(foto: Karoline Barreto/CMBH)
(foto: Karoline Barreto/CMBH)

Até o momento a disputa pela presidência da Câmara Municipal de Belo Horizonte (CMBH) já tem oito nomes na corrida. Na sessão relâmpago desta segunda-feira, que durou cerca de seis minutos, o 2º secretário da Casa, Catatau (PHS), anunciou que está no páreo.

 “Realizei meu sonho de ser vereador dessa Casa e venho exercendo importante papel”, afirmou diante menos da metade dos colegas que marcaram presença, lançando-se, assim, oficialmente na campanha.


Completam a lista até o momento: Gabriel Azevedo (PHS), Reinaldo Gomes (MDB), Orlei (Avante), Autair Gomes (PSC), Irlan Melo (PR), Juliano Lopes (PTC) e Álvaro Damião (DEM).

A sessão de hoje foi encerrada após pedido de verificação de quórum com apenas 15 presentes, dos 41. A eleição para escolha do substituto de Henrique Braga (PSDB) - atual presidente da Câmara -, está marcada para 12 de dezembro.

Além de Catatau, outro vereador do PHS que também já lançou seu nome e está com a campanha a pleno vapor é Gabriel Azevedo. Logo que o segundo turno terminou ele divulgou campanha nas redes sociais. “A democracia se faz assim: com participação. Vamos em frente. Mais importante do que vencer é colocar as ideias a favor de Belo Horizonte”, postou.


Já Irlan Melo aposta em sua experiência à frente das comissões para sustentar a nova função dentro da Câmara, caso seja eleito. “Aprendi dia após dia, no processo legislativo, e sei que ali na Câmara Municipal de Belo Horizonte, é muito importante o diálogo com todos os vereadores, mas principalmente, o diálogo com a sociedade”, afirmou, também via redes sociais.

Votação


A escolha do presidente para os próximos dois anos está marcada para o dia 12 de dezembro, aniversário de Belo Horizonte, com sessão começando por volta de 9h da manhã.

Até lá o número de vereadores que vão efetivamente se lançar pode aumentar ou minguar. Mas a tendência de bastidores é que esse número fique maior, com cerca de 10 concorrentes.


O atual presidente da Casa, vereador Henrique Braga, não pode concorrer, já que o regimento interno veda a reeleição na mesma legislatura.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade