Publicidade

Estado de Minas POLÍTICA

Padilha se reúne com Lorenzoni para dar início ao governo de transição


postado em 05/11/2018 12:23

Recém-nomeado ministro extraordinário, Onyx Lorenzoni estava reunido no final da manhã desta segunda-feira, 5, com o ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, no Palácio do Planalto.

Lorenzoni é o coordenador do governo de transição do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL). Padilha, PR sua vez, é o principal responsável por colaborar com as informações transmitidas à equipe de Bolsonaro. A ele, somam-se o ministro da Defesa, general Joaquim Silva e Luna, o ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), Sérgio Etchegoyen, o ministro da Fazenda, Eduardo Guardia, e o ministro de Minas e Energia, Moreira Franco.

O encontro desta segunda-feira foi marcado para que os trabalhos para a formação do novo governo sejam iniciados de fato. Nas últimas semanas, dados sobre o governo foram coletados de cada ministério e o Planalto compilou as informações em um sistema informatizado e unificado que será apresentado à equipe liderada por Lorenzoni.

O grupo de transição vai trabalhar com funcionários do presidente Michel Temer, designados para este período, no Centro Cultural Banco do Brasil, em Brasília. O local já sediou outras transições em gestões anteriores. O espaço fica a cerca de quatro quilômetros do Palácio do Planalto e a oito do Congresso Nacional e da Esplanada dos Ministérios.

Lorenzoni foi nomeado ministro extraordinário nesta segunda-feira. Sua nomeação foi publicada no Diário Oficial da União (DOU). O deputado federal gaúcho já foi escolhido por Bolsonaro para ocupar a chefia da Casa Civil do novo governo.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade