Publicidade

Estado de Minas POLÍTICA

No Twitter, Bolsonaro afirma que sua campanha custou R$ 1,5 milhão


postado em 30/10/2018 13:18

O presidente eleito, Jair Bolsonaro, informou nesta terça-feira, 30, por meio de sua conta no Twitter, que sua campanha custou R$ 1,5 milhão, menos da metade do que foi arrecadado com doações individuais. Ele confirmou a informação de que pretende doar as sobras para a Santa Casa de Juiz de Fora (MG), hospital onde foi operado após ser vítima de um ataque a faca, no começo da campanha eleitoral.

Bolsonaro estava reunido por volta das 13h na casa do empresário Paulo Marinho, um dos coordenadores de sua campanha, no Rio. Participam da reunião seus principais assessores: o ex-presidente do PSL, Gustavo Bebianno, o economista Paulo Guedes, convidado para assumir o ministério da fazenda, e o deputado federal Onyz Lorenzoni (DEM-RS), indicado para a Casa Civil.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade