Publicidade

Estado de Minas

Zema venceu em 832 dos 853 municípios de Minas e Bolsonaro em 445

Em 11 cidades - todas elas do Alto Paranaíba, região em que está localizada Araxá -, o candidato do Novo teve mais de 90% dos votos válidos


postado em 30/10/2018 06:00 / atualizado em 30/10/2018 07:57


Eleito governador de Minas Gerais com quase 7 milhões de votos (71,8% dos válidos), Romeu Zema foi o mais votado em 97,5% dos municípios mineiros. O candidato do Novo venceu em 832 das 853 cidades do estado e foi impulsionado por triunfos acachapantes nos maiores colégios eleitorais e nas regiões do Triângulo e Alto Paranaíba – terra natal e berço das empresas de Zema. Nas duas regiões, o empresário, de 54 anos, teve mais de 85% dos votos.

Zema teve a maior vitória em Araxá, sua cidade natal, onde recebeu 95,60% dos votos. Ele teve mais de 90% dos válidos em outras 10 cidades, todas na mesma região: Prainha, Tapira, Iraí de Minas, Perdizes, Santa Rosa da Serra, Abadia dos Dourados, Iturama, Sacramento, Monte Carmelo e Ibiá. Outros regiões com votos expressivos em Zema foram Centro-Oeste (79,60%), Noroeste (75,76%) e Sul (75,25%).

O candidato do Novo, que vai ocupar um cargo público pela primeira vez, venceu nos oito maiores colégios eleitorais – no primeiro, havia perdido apenas em Governador Valadares, no Vale do Rio Doce, onde se recuperou no pleito de domingo. Em Belo Horizonte, Zema teve 58,98% (773.454) contra 41,02% (537.931), de Antônio Anastasia (PSDB).

Anastasia, por sua vez, passou por um fenômeno raro ao receber menos votos no segundo turno do que no primeiro. Na votação do dia 7, o tucano teve 2.814.704 votos – 80.252 votos a mais que no pleito de domingo. O candidato do PSDB foi o mais votados apenas em 21 cidades, sendo que apenas duas delas têm mais de 10 mil eleitores. Ele venceu em apenas uma cidade com mais de 50 mil eleitores: Teófilo Otoni, no Vale do Mucuri, com o tucano recebendo 30.128 votos (55,37%).

Na porcentagem de válidos, o melhor desempenho de Anastasia foi em Cordislândia, no Sul de Minas, onde o tucano recebeu 1.291 dos 1.748 votos (73,86%)

CORRIDA PRESIDENCIAL Cidade mais “bolsonarista” do primeiro turno, Perdigão voltou a ser a cidade com maior percentual de votos válidos para Jair Bolsonaro. O candidato eleito recebeu 83,39% dos votos na cidade do Oeste de Minas. O capitão reformado recebeu 6.100.196 votos (58,19%) em Minas Gerais, o mais votado em 445 cidades. Ele venceu em sete das 10 macrorregiões mineiras.

Na capital mineira, Bolsonaro recebeu 901.513 votos (65,59% dos válidos) contra 472.887 de Fernando Haddad (34,41%)., No primeiro turno, Bolsonaro já havia conquistado vitória em BH, quando teve 55% dos votos. Entre os maiores colégios eleitorais, a maior vantagem foi em Governador Valadares, onde o capitão reformado recebeu 71,07% dos votos. Em Juiz de Fora – cidade do atentado ao candidato do PSL, em ato de campanha, no começo de setembro –, ele recebeu 52,36%, contra 47,64% de Haddad, a menor vantagem.

Candidato derrotado, Fernando Haddad foi o mais votado em 408 cidades e superou o rival do PSL no Jequitinhonha/Mucuri, Norte e Zona da Mata. Em porcentagem de votos válidos, seu melhor desempenho foi em Cônego Marinho, no Norte de Minas, onde teve 84,78%.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade