Publicidade

Estado de Minas POLÍTICA

De cada cinco deputados do PSL eleitos, ao menos um é militar ou policial civil


postado em 08/10/2018 20:19

Partido com o maior crescimento nestas eleições parlamentares, o PSL vai impulsionar a presença de policiais civis e militares na Câmara dos Deputados no próximo ano. De cada cinco deputados eleitos neste domingo, 7, pela legenda, ao menos um é militar ou policial civil, de acordo com as profissões declaradas pelos candidatos eleitos ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

O partido elevou sua tímida bancada de atuais oito deputados para 52. Deste total, 12 declararam profissões ligadas à área da segurança. A expectativa é que, com isso, a legenda do capitão reformado Jair Bolsonaro turbine a chamada "bancada da bala" na Câmara. Neste grupo eleito pelo PSL, está o campeão de votos Eduardo Bolsonaro (SP), que é policial civil, e a policial militar Major Fabiana (RJ), que tinha o slogan "a mulher na segurança" em sua campanha.

No total dos 513 candidatos eleitos para a próxima legislatura da Câmara dos Deputados, 15 declararam ter profissões de militares ou policiais civis.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade