Publicidade

Estado de Minas POLÍTICA

Impulsionado por Bolsonaro, Marcelo Alvaro Antônio é deputado federal mais votado em Minas

Parlamentar recebeu mais de 230 mil eleitores neste domingo


postado em 08/10/2018 00:39

Marcelo Alvaro Antônio (d) admitiu que apoio de Bolsonaro (e) impulsionou candidatura(foto: Gladyston Rodrigues/EM)
Marcelo Alvaro Antônio (d) admitiu que apoio de Bolsonaro (e) impulsionou candidatura (foto: Gladyston Rodrigues/EM)

Marcelo Alvaro Antônio (PSL) se aproveitou da força do presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) e foi o recordista de votos a deputado federal em Minas Gerais nas nesse domingo. Escolhido por mais de 230 mil eleitores, o parlamentar foi reeleito e viu outros cinco correligionários conquistarem cadeiras na Câmara pelo estado.

“É inegável que a força de Jair bolsonaro impulsionou os candidatos de nosso partido (em Minas Gerais). É reunir com eles e honrar e fazer valer a confiança dos mineiros”, disse, em entrevista ao Estado de Minas. “Recebi com serenidade e tranquilidade (o resultado da votação). A população brasileira entendeu que o país vive um novo momento”, completou

Em 2014, Marcelo Alvaro, então no PRP, foi o 49ª da lista de 53 deputados eleitos por Minas Gerais. Na ocasião, ele recebeu 60.384 votos - quase quatro vezes menos que o número registrado em 2018. O segundo mais votado neste ano foi Reginaldo Lopes (PT), escolhido por pouco mais de 194 mil eleitores.

“Nossa estratégia de mandato vai ser a mesma. Acho que é o reflexo do que o nosso comandante (Jair Bolsonaro) passa: trabalhar com a verdade e a transparência. É preciso acabar com esse jogo, com o ‘toma lá, dá cá’ no congresso. A relação com o presidente precisa ser mais republicana. Tentaremos conscientizar todos os deputados de que precisamos de uma relação republicana com o presidente”, disse.

O nome de batismo de Marcelo Alvaro Antônio é Marcelo Henrique Teixeira Dias, de 44 anos. O parlamentar ingressou na política em 2012, quando foi o eleito vereador como o nono mais votado de Belo Horizonte, cidade onde nasceu. À época, foi escolhido por 8.846 eleitores.

Próximos passos

Agora, Marcelo Alvaro Antônio foca especificamente na corrida de Bolsonaro pela presidência. O parlamentar esteve com o presidenciável no Rio de Janeiro nesse domingo, durante a apuração dos votos. Reunião nesta segunda-feira, em Belo Horizonte, definirá as estratégias do PSL para o segundo turno contra Fernando Haddad (PT).

“A gente vai continuar na coordenação dos trabalhos em Minas Gerais. A gente vai sentar e replanejar as estratégias. No segundo turno, é uma nova eleição. A gente vai planejar e executar”, disse. Sobre o segundo turno das eleições no estado entre Romeu Zema (Novo) e Antonio Anastasia (PSDB), Marcelo Alvaro preferiu esperar antes de estabelecer o posicionamento do partido: “Nessa reunião de amanhã a gente vai definir”, completou.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade