Publicidade

Estado de Minas POLÍTICA

Homem quebra urna eletrônica com marreta em Morro da Fumaça, SC


postado em 07/10/2018 17:26

Um homem entrou com uma marreta dentro de uma sacola e quebrou uma urna eletrônica, em Morro da Fumaça, no Sul de Santa Catarina, na tarde deste domingo, 7. O conteúdo do equipamento não foi perdido e a urna foi substituída. O vândalo foi levado para a delegacia.

Outras 30 pessoas já foram presas em Santa Catarina até agora, de acordo com o TRE-SC. Foram registradas, 72 ocorrências. Os principais motivos são crimes como boca de urna, corrupção eleitoral, desacato a autoridade e coação. As últimas três prisões foram por transporte ilegal de eleitores em Bom Retiro, divulgação de propaganda em Florianópolis e boca de urna em São José.

Compra de votos

O vereador Pedro Mazzuchetti (MDB) foi preso por policiais militares por compra de votos. Ele foi flagrado em Içara com R$ 261 e santinhos do candidato a deputado estadual Luiz Fernando Vampiro (MDB).

Em Criciúma, duas pessoas foram detidas por boca de urna no bairro Boa Vista. Um homem comprou o voto de uma mulher. Ele ofereceu dinheiro e ela foi vista colocando o dinheiro e o santinho na bolsa. Os dois foram presos em flagrante pela PM e levados à Polícia Federal. Um fiscal foi preso na Escola de Educação Básica Coronel Marcos Rovaris por boca de urna, também em Criciúma.

Em Forquilhinha, a PM prendeu de uma mulher no bairro Santa Cruz por compra de voto. Pouco depois, um homem tentou comprar o voto de uma mulher, mas ela se opôs. Ele foi preso e ela levada pra delegacia como testemunha.

Em Corupá, uma mulher de 52 anos de idade foi flagrada praticando boca de urna, foi detida e conduzida ao Fórum de Jaraguá do Sul.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade