Publicidade

Estado de Minas POLÍTICA

Seis pessoas são presas desde as 19h do sábado


postado em 07/10/2018 10:39

Seis pessoas foram presas entre as 19h do sábado, 6, e às 10h deste domingo, 7, primeiro turno das eleições 2018. Os números foram divulgados pela Operação Eleições 2018, que é coordenada pelo Centro Integrado de Comando e Controle Nacional (CICCN) da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp).

No Maranhão, cinco pessoas foram detidas no povoado de Crioli do Sinhá, zona rural do município de Graça Aranha. A policia encontrou R$ 14,2 mil e grande quantidade de material de campanha no veículo em que os detidos estavam. Todos foram encaminhados à autoridade Judiciária da cidade.

A outra prisão foi registrada em Pernambuco. Segundo os Ministério da Segurança Pública, após uma denúncia de compra de votos, a polícia abordou um veículo em que a pessoa detida transportava sete cestas básicas. O detido foi encaminhado para a delegacia de Garanhuns.

Além da detenções, foi registrado um atentado contra um candidato a deputado estadual do Rio Grande do Norte. Segundo o Ministério da Segurança Pública, o alvo do ataque encontra-se hospitalizado.

Apreensão

As autoridades de segurança também registraram uma apreensão de santinhos e caixas de remédios que estariam sendo distribuídas para compra de votos em Pádua, no Rio de Janeiro.

Outra ocorrência registrada foi de dano ao patrimônio público em Santa Catarina onde a creche do colégio CEIM Carlos Gomes, em Imaruí, foi arrombada e pichada por vândalos. As urnas ainda estavam no cartório eleitoral e não foram danificadas.

Desde o início da Operação Eleições 2018 na quinta-feira, 4, o Centro Integrado de Comando e Controle Nacional (CICCN) da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp) registrou 29 detenções, 10 manifestações pacíficas, 09 apreensões, 01 acidente envolvendo candidata, 02 ocorrência de dano ao patrimônio público e 02 ocorrências de crimes contra candidatos.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade