Publicidade

Estado de Minas POLÍTICA

Em Londres, manifestantes contra e a favor de Bolsonaro se enfrentam

Num dos momentos de maior tensão entre os grupos, a polícia metropolitana de Londres fechou a rua, separando os dois lados


postado em 07/10/2018 09:56 / atualizado em 07/10/2018 10:30



O cenário em frente à embaixada do Brasil em Londres, onde ocorre a votação presidencial no Reino Unido, mudou completamente. A calmaria e fila curta das primeiras horas da manhã se transformaram em palco para manifestações contra e a favor de Jair Bolsonaro (PSL). A fila já dá voltas pela calçada.

De um lado, um grupo de mulheres vestidas ds lilás gritam "Ele não!" e relembram sobre a morte da vereadora do Psol Marielle Franco, que foi assassinada no Rio de Janeiro.

De outro, apoiadores de Bolsonaro, respondiam "ele sim", gritavam "mito", sendo muito deles vestidos de verde e amarelo. Diziam, ainda, que em vez da Inglaterra, as manifestantes deveriam morar na Venezuela.

Os apoiadores de Bolsonaro gritam às manifestantes, dizendo para que elas "tirem as roupas". As mulheres contra Bolsonaro respondem com gritos de "machistas".

Num dos momentos de maior tensão entre os grupos, a polícia metropolitana de Londres fechou a rua, separando os dois lados. O motivo, porém, não era o Brasil, mas uma passeata contra o Brexit (saída do Reino Unido da União Europeia), feita por cachorros e seus donos.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade