Publicidade

Estado de Minas

Anastasia pede que propaganda de Pimentel que o associa a Aécio seja retirada do ar

De acordo com advogados do tucano, que pedem a suspensão imediata, o comercial não apresenta propostas do candidato petista


postado em 07/09/2018 20:40 / atualizado em 07/09/2018 20:53

(foto: Alexandre Guzanshe/EM)
(foto: Alexandre Guzanshe/EM)
A coligação “Reconstruir Minas Gerais”, do candidato Antonio Anastasia (PSDB), entrou com uma representação no Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TRE-MG), nesta sexta-feira (7), pedindo a retirada da propaganda de Fernando Pimentel (PT) que faz associação entre Anastasia e o senador Aécio Neves (PSDB). 

“Os representados (coligação de Fernando Pimentel) veicularam inserções em 7 de setembro de 2018, sexta-feira, durante o período da manhã e da tarde, que se apresenta totalmente irregular. Isto porque, conforme se verificará, não há qualquer participação do representado na inserção impugnada, tratando-se de uma inserção única e exclusivamente com uso de cenas externas e em uma tentativa de ligar a imagem do representante (Antonio Anastasia) à imagem de Aécio Neves”, diz a representação.  


De acordo com os advogados da campanha tucana, o comercial não “se trata de uma propaganda propositiva, em que o protagonista é o próprio candidato” e pede para que a decisão seja tomada rapidamente: “Ademais, o perigo da demora é evidente, vez que tal material está sendo divulgado em comerciais na televisão, em total desacordo da legislação que regula a propaganda eleitoral”.

Na propaganda questionada pelos tucanos, o narrador cita algumas palavras e pede para que entrevistados façam uma associação rápida. “Goiabada?”, diz o narrador. Os entrevistados respondem: “queijo, doce de leite. Arroz? Feijão, panela”. Ao final, ele pergunta: “Anastasia?”. E os entrevistados dizem “Aécio Neves”.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade