Publicidade

Estado de Minas

'Eu estava ao lado do Jair, quando este covarde desferiu o golpe', diz deputado

Marcelo Álvaro Antônio (PSL) conta como foi o momento em que presenciou a facada em Bolsonaro


postado em 06/09/2018 22:59 / atualizado em 06/09/2018 23:13

(foto: Reprodução/WhatsApp)
(foto: Reprodução/WhatsApp)
O deputado federal Marcelo Álvaro Antônio (PSL) está em Juiz de Fora e passou todo o dia com o candidato à Presidência da República, Jair Bolsonaro. O parlamentar disse que vai aguardar a chegada dos familiares de Bolsonaro e afirma que a campanha terá sequência através dos apoiadores nas ruas. Ele respondeu a três perguntas feitas pelo em.com.br.
 
1- Como foi o momento do ataque?
 
Marcelo Álvaro: Foi tudo muito rápido. Eu estava ao lado do Jair, quando este covarde passou pela multidão e desferiu o golpe. Nós almoçamos com alguns empresários da cidade, e no início da tarde fomos às ruas acompanhados de milhares de eleitores. 
 
2- Qual foi a sua reação?
 
Marcelo Álvaro: A nossa primeira ideia foi de socorrer o Jair o mais rápido possível. Levamos ele ao carro da Polícia Federal, que nos escoltava, e fomos ao hospital. Foi um ato covarde, de um bandido. 
 
3- Como fica a campanha de Bolsonaro daqui pra frente?
 
Marcelo Álvaro: É um dia muito triste para todos nós. O Bolsonaro deverá se recuperar entre 20 e 25 dias. Veja bem, a mesma esquerda que acusa de intolerância, atacou o candidato. Essa esquerda que acabou com o Brasil, tenta impedir um homem sério e honesto de assumir o país. Mas a campanha terá sequência junto com os milhões de brasileiros que nos apoiam. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade