Publicidade

Estado de Minas POLÍTICA

Ataque a Bolsonaro veio de 'inimigos avessos à democracia', diz presidente do PSL


postado em 06/09/2018 20:44

O presidente do PSL, Gustavo Bebiano, divulgou nota sobre o ataque a Jair Bolsonaro em que culpa "inimigos ardilosos, incapazes de conviver com o contraditório e avessos à democracia".

Leia a íntegra da nota:

"Hoje, não falo como presidente do PSL. Não falo como advogado. Hoje, falo como amigo.
Estava com Bolsonaro em agenda na cidade de Juiz de Fora, em Minas Gerais. Visitamos o hospital, empresários... Em mais um dia de campanha, ele foi para o meio da multidão, como sempre, por vontade própria, com o peito e o coração abertos.
Acreditávamos que seria mais um dia feliz para o Brasil, um dia em que, como outros dessa campanha, celebraríamos o crescimento desse despertar de um horizonte com mais esperança, segurança e amor pela nação entre aqueles que também sonham os mesmos sonhos que nós.
Há muito sabemos que enfrentamos inimigos ardilosos, incapazes de conviver com o contraditório, avessos à real democracia. Sabíamos que havia riscos. Porém, mais impactante que as ameaças é a esperança que nos impulsiona.
Hoje, as eleições não importam. E o que eu quero dizer a você que está preocupado com a saúde do nosso capitão, você que enxerga nele o ser humano que ele realmente é - um pai amoroso, esposo dedicado, filho respeitador, amigo leal - não se deixe esmorecer.
Eleve a Deus a sua oração e agradeça. Porque o medo jamais vai nos impedir de cumprir a missão a que fomos destinados."

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade