Publicidade

Estado de Minas

Anastasia: Dinheiro 'mal gasto' por Pimentel faz falta para salários

O senador tucano focou a última propaganda eleitoral em críticas à gestão do adversário do PT


postado em 04/09/2018 09:15 / atualizado em 04/09/2018 09:23

O senador tucano segue na estratégia de dizer que governará com o próprio CPF(foto: Reprodução)
O senador tucano segue na estratégia de dizer que governará com o próprio CPF (foto: Reprodução)

O senador Antonio Anastasia (PSDB), candidato ao governo de Minas, atribuiu a atual crise financeira do estado ao que chamou de “desgoverno” de Fernando Pimentel (PT). O tucano usou a última propaganda, veiculada na noite de segunda-feira (3) e reproduzida em suas redes sociais, para dizer que a “má gestão” do adversário petista levou a situações como os atrasos nos pagamentos de salários em Minas.

“O dinheiro gasto de forma equivocada hoje faz falta para pagar os salários em dia, para manter a saúde funcionando e as crianças com aulas nas escolas”, afirmou.

Anastasia disse que a situação do estado é crítica e que o próximo governador vai ter uma difícil tarefa “por conta do desgoverno da atual gestão”.

“Dinheiro mal gasto não traz retorno pra ninguém”, afirmou. O candidato do PSDB diz ainda que o estado assiste, no governo Pimentel, à “destruição” de ações, programas e conquistas.

Na propaganda, o senador tucano segue na linha de dizer que toma suas próprias decisões e se desvinculando do colega no Senado Aécio Neves (PSDB), de quem foi secretário, vice-governador e apadrinhado político. “Anastasia sempre foi Anastasia”.

O candidato tucano diz que, se eleito, escolherá sua própria equipe com nomes técnicos.O principal padrinho político no passado, que agora concorre a deputado federal, ainda não apareceu no programa. Aécio é apenas citado como alguém que 'chamou Anastasia para resolver a crise'.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade