Publicidade

Estado de Minas POLÍTICA

Para economista de Marina, mau uso não pode servir para questionar papel do BNDES


postado em 08/08/2018 11:25

O assessor econômico da campanha de Marina Silva (Rede), Eduardo Bandeira de Mello, defendeu nesta quarta-feira, 8, o papel dos bancos de desenvolvimento, como o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), na retomada dos investimentos e da taxa de crescimento da economia.

"Se o BNDES foi usado para políticas econômicas indevidas, isso não deve servir para que seja questionado o papel dos bancos de desenvolvimento para que possamos retomar as taxas de crescimento que a economia teve no passado", afirmou, em debate promovido pela Associação Brasileira de Desenvolvimento (ABDE).

Segundo Bandeira, o apreço da candidata Marina pelo BNDES seria "conhecido de todos". "A relação que ela teve com o BNDES quando foi ministra do Meio Ambiente não deixa a menor dúvida. Tanto que ela fez questão que o Fundo da Amazônia, criado em parceria com o governo da Noruega, fosse administrado pelo banco", completou.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade