Publicidade

Estado de Minas

MDB recua e mantém deputados estaduais na comissão provisória


postado em 02/08/2018 20:37 / atualizado em 02/08/2018 20:49

(foto: Gladyston Rodrigues/EM.DA.News )
(foto: Gladyston Rodrigues/EM.DA.News )
Em dia de grande tensão no MDB mineiro, com direito a troca de ofensas entre os deputados Fábio Ramalho e Saraiva Felipe, a situação sobre o futuro do partido na eleição de 2018 permaneceu indefinida.

Em reunião na noite desta quinta-feira (2), na capital mineira, os emedebistas recuaram da decisão de alterar a comissão provisória e mantiveram os deputados estaduais que participam do grupo desde o início do mês.

"Nossa posição na eleição ainda não ficou decidida e vamos continuar conversando até sábado. Mas decidimos não mudar a composição da comissão para evitar mais desgaste. Então ninguém mais será destituído", afirmou o deputado Fábio Ramalho.

Na manhã desta quinta-feira, os parlamentares federais tinham decidido substituir os deputados estaduais da comissão. A maioria dos emedebistas federais defende uma composição com o PT e com a chapa do governador Fernando Pimentel, que permitiria ao partido ganhar mais cadeiras na Câmara.

No entanto, alguns parlamentares estaduais são contra a retomada da aliança com o PT. Os emedebistas aguardam o desfecho da disputa interna no PSB, que após acordo nacional com o PT, determinou a retirada da candidatura de Lacerda.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade