Publicidade

Estado de Minas

Temer chama adversários de 'pobres coitados' em convenção do MDB


postado em 02/08/2018 13:48

Brasília, 02 - O presidente Michel Temer saiu em defesa do legado do seu governo ao endossar a candidatura de Henrique Meirelles à Presidência da República pelo MDB e afirmou que os adversários eleitorais são "uns pobres coitados" e "pigmeus".

"Nossos adversários são uns pobres coitados. Como não têm projeto, vão para a baixaria. Nós não somos pigmeus. O MDB é feito de gigantes", disse a uma plateia formada por militantes emedebistas.

De acordo com Temer, Meirelles o ajudou nos dois anos em que está à frente do comando do País e garantiu que ele dará continuidade "às reformas de que o País ainda precisa".

Temer destacou ainda que o MDB sempre esteve à frente dos programas sociais de todos os governos desde a redemocratização. "Estamos chamando o Meirelles para uma missão tão grandiosa como a que ele exercitou nestes dois anos de governo", disse.

Esta é a primeira vez que Temer vai a uma convenção do partido nestas eleições. Enfrentando altíssima rejeição popular, o presidente tem se eximido de aparecer ao lado dos candidatos do partido.

(Julia Lindner, Mariana Haubert, Felipe Frazão, Vera Rosa)

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade