Publicidade

Estado de Minas

Mesmo com Manuela candidata, PT ainda buscará aliança com PCdoB


postado em 01/08/2018 20:36

São Paulo, 01 - Mesmo com o PCdoB tendo oficializado a candidatura de Manuela D'Ávila para a Presidência da República, o PT ainda deve buscar o partido para uma aliança formal em torno da candidatura petista ao Planalto.

Enquanto Manuela era oficializada como candidata, nesta quarta-feira, 1, o PT sacramentou em reunião da Executiva Nacional do partido um acordo com o PSB para a neutralidade dos pessebistas na eleição e decidiu oficializar o convite ao PROS para uma aliança.

A cúpula do PT, no entanto, decidiu não cessar as tentativas em torno do PCdoB. "Vamos insistir na conversa com eles. Respeitando a candidatura dela, mas dialogando com a perspectiva de conseguir montar esse campo", disse o vice-presidente do PT Márcio Macedo, ao falar sobre a necessidade de unir partidos de esquerda na disputa pelo Planalto.

Ontem, o ex-prefeito Fernando Haddad visitou Lula na prisão, em Curitiba, e saiu do encontro afirmando que levava "recomendações" do petista sobre as alianças da legenda.

No próximo sábado, dia 4, o PT vai oficializar a candidatura do ex-presidente. O partido espera fechar até lá um acordo com o PROS. Outras alianças e a definição de um candidato a vice até a convenção não são movimentos vistos como possíveis por dirigentes petistas.

(Daniel Weterman)

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade