Publicidade

Estado de Minas

No limite do prazo eleitoral, Eunício intensifica agenda no Ceará


postado em 06/07/2018 00:30

Brasília, 05 - No limite do prazo eleitoral, o presidente do Senado, Eunício Oliveira (MDB-CE), intensificou a agenda de compromissos no Ceará ao lado do governador Camilo Santana (PT), um de seus principais aliados no Estado. Somente nesta quinta-feira, 5, ele possui três eventos em Fortaleza junto com o petista.

Pela manhã, Eunício esteve na cerimônia de assinatura do convênio para a obra de uma linha de metrô e, em seguida, seguiu para a entrega de unidades residenciais. Ele ainda participará na tarde desta quinta-feira do lançamento da Pedra Fundamental do Laboratório Integrado de Segurança Pública da capital. "Através do nosso trabalho, levamos muitas conquistas para o povo cearense", escreveu no Twitter.

Eunício, que tentará se reeleger ao Senado, aproveita os últimos dias permitidos pela lei eleitoral para participar deste tipo de evento. Há o entendimento de que, a partir do dia 7 de julho, agentes públicos cujos cargos estejam em disputa na eleição não podem autorizar publicidade institucional dos atos, programas, obras serviços e campanhas dos órgãos públicos.

O presidente do Senado esteve em Brasília apenas dois dias desta semana, na terça e na quarta-feira, quando presidiu sessão do Congresso para votação de veto e abertura de crédito suplementar. Mesmo na capital federal, aproveitou para destacar que recebeu o prefeito de Barbalha, Argemiro Sampaio, no gabinete, e que buscaria votar projeto que destinasse recursos federais para municípios.

Na segunda-feira, 2, Eunício foi para o Ceará para receber um prêmio. Em discurso, na cerimônia, ressaltou que vem desempenhando um trabalho para que todas as cidades do Estado recebam recursos e obras federais, além do governo do Estado. "Essa parceria administrativa é para que a gente possa atender aos interesses da população, melhorar a qualidade de vida das pessoas mais simples e desenvolver o nosso Ceará", destacou.

Segundo o presidente do Congresso, serão liberados aproximadamente R$ 1,8 bilhão ainda nesta semana, entre recursos da União e empréstimo do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), para que o Governo do Estado possa aplicar em políticas públicas.

No último domingo, 1º, também ao lado de Camilo Santana, Eunício participou da inauguração do Centro de Formação Olímpica, no Estado. No mesmo dia, o senador e o governador participaram de uma missa com prefeitos.

Com foco nas eleições, as idas constantes de Eunício ao Estado geraram incômodo no presidente Michel Temer, segundo aliados. Reservadamente, Temer reclama do fato de Eunício não fazer a defesa do seu governo no Estado.

Em maio, Eunício gerou polêmica ao ir para Fortaleza numa quinta-feira, em meio à crise gerada pela greve dos caminhoneiros. Diante da repercussão negativa, ele desistiu de cumprir agenda eleitoral e voltou para Brasília no mesmo dia.

(Julia Lindner)

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade