Publicidade

Estado de Minas

PP troca Márcio França por João Doria em São Paulo


postado em 21/06/2018 17:24

São Paulo, 21 - Uma semana após anunciar apoio à reeleição do governador de São Paulo, Márcio França (PSB), o PP resolveu mudar de lado e fechar com o tucano João Doria. Presidente estadual da sigla, o deputado federal Guilherme Mussi assumiu a responsabilidade sobre a decisão e afirmou à reportagem que "política é assim mesmo".

Segundo o parlamentar, o partido conseguiu corrigir sua postura a tempo. "Não acho ruim mudarmos de ideia. O importante é corrigir a tempo, antes de o navio partir. Estamos voltando às origens. Estávamos com o Doria em 2016 e vamos continuar. Com nosso apoio, aumentam as chances de ele vencer no primeiro turno", disse.

O apoio retirado de França havia sido anunciado em evento realizado no último dia 15. Com o PP, o atual governador alcançaria o maior tempo de TV, com 30% do total, seguido por Doria, com 27%. A troca agradou o ex-tucano Coronel Telhada, deputado estadual mais votado pelo PSDB em 2014 que se filiou ao PP neste ano.

Oficialmente, não houve desentendimento com França. Parte da bancada do PP, aliás, defendia a continuidade do acordo. A mudança de rumo teria contado com a participação de lideranças nacionais de ambos os partidos.

O novo anúncio de apoio do PP está marcado para sexta-feira, 22, às 12h, na capital. Não está prevista a participação do presidente nacional da sigla, Ciro Nogueira. Mussi o representará. França afirmou à reportagem que não foi informado oficialmente sobre a decisão do partido.

(Adriana Ferraz e Pedro Venceslau)

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade