Publicidade

Estado de Minas

Correção: Tenho 5 partidos aliados, nenhum outro pré-candidato tem 2, diz Alckmin


postado em 20/06/2018 16:36

São Paulo, 20 - A nota enviada anteriormente contém uma incorreção. A grafia correta do portal mencionado é Metrópoles. Segue o texto corrigido:

Criticado por aliados e correligionários pela demora em atrair outras legendas em torno de sua candidatura ao Planalto, o ex-governador Geraldo Alckmin (PSDB-SP) afirmou nesta quarta-feira, 20, estar em posição melhor que os seus concorrentes no quesito. "Já tenho acertado com cinco partidos (contando com o PSDB), nenhum outro pré-candidato tem dois", frisou o tucano, acrescentando ainda que as mudanças na legislação eleitoral empurraram a definição das chapas para o final de julho, o que atrasa a composição.

"Eu não tenho divulgado para deixar que eles divulguem no momento correto, mas acho que nós já temos cinco", disse Alckmin, que tem conversas alinhavadas com PSD, PPS, PV e PTB. O presidenciável foi entrevistado no final desta manhã pelo portal

Metrópoles

.

Alckmin negou que seu entorno esteja se aproximando do MDB do presidente Michel Temer em busca de uma composição, argumentando que o partido tem candidatura própria, a do ex-ministro Henrique Meirelles. "Não está em discussão", resumiu.

Já o tom em relação ao DEM, que também tem nome na disputa, a do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (RJ), é outro. "Apoiamos o DEM no Pará, Bahia, Amapá, Pernambuco, em muitos Estados estamos juntos. Se (o DEM) tiver candidato respeitamos. (Mas, se) depender de nós, estaremos juntos em nível federal", disse o ex-governador de São Paulo.

(Marcelo Osakabe)

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade