Publicidade

Estado de Minas

Delúbio vai se entregar à PF, afirma defesa


postado em 24/05/2018 08:24 / atualizado em 24/05/2018 10:05

(foto: REUTERS/Jamil Bittar)
(foto: REUTERS/Jamil Bittar)

A defesa do ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares afirmou nesta quinta-feira, 24, que o petista vai se apresentar à Polícia Federal (PF). Condenado a 6 anos de reclusão na Operação Lava Jato, Delúbio teve prisão decretada pelo juiz federal Sérgio Moro nesta quarta-feira, 23.

O advogado Pedro Paulo Guerra de Medeiros informou que a defesa pediu ao juiz Moro que Delúbio se apresente em Brasília, para cumprir pena no local onde tem família. Caso o requerimento não seja autorizado, o ex-tesoureiro do PT deve se entregar à PF em São Paulo.

Na tarde desta quarta-feira, o Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) negou os embargos de declaração, um recurso decisivo, do ex-tesoureiro, do operador Enivaldo Quadrado, do economista Luiz Carlos Casante e do empresário Natalino Bertin. Ao final do voto, o desembargador João Pedro Gebran Neto, relator, determinou "o início do cumprimento das penas por estarem esgotados os recursos em segundo grau".

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade