Publicidade

Estado de Minas

PF prende ex-prefeito de Uberlândia Gilmar Machado

A prisão faz parte de uma operação deflagrada pela Polícia Federal na manhã de hoje em outros municípios de São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná, Mato Grosso, Santa Catarina e Goiás.


postado em 12/04/2018 11:16 / atualizado em 12/04/2018 12:52

Ex-prefeito Gilmar Machado(foto: Reprodução/Youtube - 10/07/16)
Ex-prefeito Gilmar Machado (foto: Reprodução/Youtube - 10/07/16)

A Polícia Federal prendeu, na manhã desta quinta-feira, o ex-prefeito de Uberlândia Gilmar Machado (PT). A prisão foi decretada pela Justiça em função da Operação Encilhamento, que investiga  desvio de recursos de institutos previdenciários em 13  fundos de investimentos de prefeituras.

A operação foi deflagrada também em municípios de São Paulo,  Rio de Janeiro, Paraná, Mato Grosso, Santa Catarina e Goiás.

Ao todo, a Justiça expediu 60 mandados de busca e apreensão e 20 mandados de prisão temporária ( por cinco dias, prrogáveis de acordo com decisão judicial).

Em Uberlândia, além  do ex-prefeito petista, outras três pessoas foram presas: o ex-superintendente do Instituto de Previdência Municipal de Uberlândia (Ipremu), Marcos Botelho, e dois ex-integrantes do Comitê de Investimento do Ipremu, Cláudio Roberto Barbosa e Mônica Silva Resende de Andrade.

A Polícia Federal  também cumpriu mandados em Betim e Santa Luzia, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, e também em  Pouso Alegre, no Sul de Minas.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade