Publicidade

Estado de Minas

Comissão da ALMG chama Odair Cunha para explicar vídeo sobre professores

O secretário diz que sua fala foi tirada do contexto e nega ter chamado professores de idiotas


postado em 03/04/2018 20:58 / atualizado em 03/04/2018 21:10

Odair Cunha disse que pediu investigação à Polícia Civil sobre o caso(foto: Marcos Vieira/EM/D.A Press)
Odair Cunha disse que pediu investigação à Polícia Civil sobre o caso (foto: Marcos Vieira/EM/D.A Press)

A Comissão de Educação, Ciência e Tecnologia da Assembleia de Minas Gerais aprovou requerimento nesta terça-feira (3) para que o secretário de Governo, Odair Cunha (PT), compareça à Casa para esclarecer um vídeo que está circulando nas redes sociais. Nele, o parlamentar diz “que povo idiota, né?”, após falar sobre a greve dos professores e as ações do estado na área da educação.

A deputada Ione Pinheiro (DEM), vice-presidente da comissão e autora do pedido, disse que a declaração não condiz com a postura de um secretário e que os professores têm direito a um esclarecimento. “Os professores estão em greve não em busca de um favor, mas sim do direito que possuem de terem o reajuste salarial que foi prometido e até hoje nada foi cumprido”, disse.  

Em nota, o secretário Odair Cunha disse que o vídeo é uma “ação maldosa que explora uma frase dissociada do seu contexto. O petista negou ter se referido aos professores ao falar o adjetivo “idiota” e afirmou ter pedido à Polícia Civil a apuração dos fatos. “O áudio ao final do vídeo nada tem a ver com os professores. Tratava-se de uma conversa posterior com um assessor sobre outro tema”, disse.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade