Publicidade

Estado de Minas

Vereador é acusado de chamar policiais de ''pretos vagabundos''

Ele foi detido este final de semana, por resistência, desacato, embriaguez, ameaça, injúria e direção perigosa


postado em 05/02/2018 14:30 / atualizado em 05/02/2018 16:21

Suspeito de dirigir embriagado e de ter xingado policiais militares de "pretos vagabundos" e "neguinhos safados", o vereador Maycon Godoy dos Santos (SD), de Bom jesus do Araguaia, cidade a 983 quilômetros de Cuiabá, no Mato Grosso, foi detido este final de semana. Ele foi preso por resistência, desacato, embriaguez, ameaça, injúria e direção perigosa. Pagou fiança de R$ 6,3 mil antes de ser liberado sábado, mesmo dia de sua detenção.

O vereador diz ter sido vítima de violência por parte dos policiais. Ele  nega ter ofendido policiais e ter dirigido embrigado, afirmando que a confusão começou depois que o colega dele foi agredido pelos policiais, que também o teriam ofendido.

Segundo a Polícia Civil, ela foi acionada por um motorista que teve o carro  atingido na traseira por outro veículo, que teria fugido do local. O vereador foi reconhecido como o autor da batida. Testemunhas contaram à polícia que o vereador estava em visível estado de embriaguez e que ele fugiu do local fazendo manobras zigue-zague depois da batida.

O vereador, que estava com um passageiro no veículo, identificado como Marcio Werlis Martins Nascimento, de 29 anos, foi encontrado logo em seguida pela Polícia Militar. Durante o registro do boletim de ocorrência, o vereador teria feito ameaças e proferido xingamentos.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade