Publicidade

Estado de Minas

Temer diz que não tentará reeleição e que seguirá carreira de jurista

Declaração foi feita ao apresentador Amaury Jr. e vai ao ar no próximo dia 27


postado em 16/01/2018 20:31 / atualizado em 16/01/2018 21:48

Michel Temer aproveitou o espaço para defender a reforma da Previdência e falar sobre fake news(foto: Antônio Cruz/Abr)
Michel Temer aproveitou o espaço para defender a reforma da Previdência e falar sobre fake news (foto: Antônio Cruz/Abr)

São Paulo – O presidente Michel Temer disse que não é candidato à reeleição e que, quando deixar o Palácio do Planalto, vai seguir carreira de jurista. As declarações do peemedebista foram feitas ao apresentador Amaury Jr., em entrevista que vai ao ar no dia 27, às 23h30. O programa é a estreia de Amaury na Band.


O tom da conversa, segundo Amaury, foi pessoal. "Fiz uma entrevista focando o homem Michel Temer", disse. Os dois tomaram café da manhã juntos e depois percorreram todas as dependências do Palácio da Alvorada - área residencial da Presidência, mas que Temer não ocupa por considerar o Jaburu, da vice-Presidência, mais "intimista".

Apesar de política não ser o foco, Temer aproveitou o espaço para defender a reforma da Previdência e falar sobre fake news. Segundo o presidente, além dele, a própria primeira-dama, Marcela Temer, também foi muito afetada pelas mentiras veiculadas como notícia.

Na seara de pessoalidades, o presidente listou ainda o drink predileto e até a sex symbol do cinema: a atriz italiana Gina Lollobrigida. Leitor voraz, Temer disse que chega a acordar às 4 da manhã para ler, e contou o atual livro de cabeceira: "Homo Deus: Uma Breve História do Amanhã", do autor israelense Yuval Harari.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade