Publicidade

Estado de Minas

Deputado pernambucano deu o último voto necessário à continuidade do impeachment

Bruno Araújo, do PSDB, exerce o terceiro mandato na Câmara e foi ovacionado pelos colegas favoráveis ao impedimento de Dilma Rousseff


postado em 17/04/2016 23:27 / atualizado em 17/04/2016 23:41

Deputado Bruno Araújo é natural de Recife (PE), tem 44 anos e é advogado(foto: Divulgação)
Deputado Bruno Araújo é natural de Recife (PE), tem 44 anos e é advogado (foto: Divulgação)
Coube ao deputado federal Bruno Araújo, de 44 anos, do PSDB de Pernambuco, o voto número 342 entre aqueles parlamentares que concordaram com o pedido de impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT). Antes da fala de Bruno, que é advogado,  vários deputados já comemoravam e faziam festa em volta do microfone posicionado no centro do plenário onde acontece a votação.

Bruno foi eleito deputado estadual em Pernambuco em 1998 pela primeira vez. Cumpriu dois mandatos na Assembleia Legislativa do estado do Nordeste, entre 1999 e 2006, antes de se candidatar ao posto de deputado federal nas eleições de 2006. Dali em diante não saiu mais da Câmara dos Deputados e começou no ano passado seu terceiro mandato em Brasília.

Nas palavras que sacramentaram a continuidade do processo de impeachment de Dilma Rousseff, Bruno Araújo diz que coube ao destino apresentar a ele a oportunidade de levar o país a uma situação melhor. Com a voz embargada em vários momentos, ele anunciou o voto favorável ao impedimento da presidente ovacionado pela maioria dos colegas.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade