Publicidade

Estado de Minas

Ministro Jaques Wagner é hostilizado em restaurante em Brasília e rebate

Ministro da Casa Civil, Jaques Wagner foi chamado de "ladrão" e ouviu o pedido de "Fora, PT" em restaurante japonês de Brasília


postado em 06/03/2016 20:27 / atualizado em 06/03/2016 21:15

Ministro Jaques Wagner(foto: Elza Fiuza/Agência Brasil)
Ministro Jaques Wagner (foto: Elza Fiuza/Agência Brasil)
O ministro da Casa Civil, Jaques Wagner, foi hostilizado na tarde deste domingo após almoçar em um restaurante japonês em Brasília. O petista havia passado cerca de uma hora no local e, ao se levantar, uma cliente sentada em uma mesa ao fundo do restaurante gritou: "Fora PT". Outras pessoas sentadas à mesma mesa acompanharam a manifestação e entoaram o coro de "Fora!", "Ladrões!". O ministro virou-se, visivelmente irritado, e respondeu: "Vocês não estudaram? Vagabundos, mal-educado, fascista".

O bate-boca foi rápido (ouça abaixo). Durou menos de um minuto. O ministro estava próximo da saída do restaurante e ensaiou voltar para continuar a discussão. A mulher do petista e o gerente do local, porém, o seguraram e o desencorajaram a prosseguir o debate. A confusão gerou mal-estar no local. Após a saída do ministro, uma outra cliente foi bater boca com o grupo sentado na mesa que hostilizou o ministro e os chamou de "militares". Diversos clientes levantam-se para ir embora.

Sem querer se identificar, o marido da cliente que pediu a saída do PT disse que é empresário, sente diariamente os efeitos da crise e por isso tem o direito de protestar contra o partido. "Me sinto na necessidade de me manifestar para ele não pensar que está tudo uma maravilha, enquanto eles estão cercados no Planalto. Me sinto no direito de me manifestar, sim", disse o homem, que tem 52 anos.

Jaques Wagner lamentou o episódio e disse que "é preciso ter educação democrática: conviver com as diferenças sem discriminar ou ofender gratuitamente".


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade