Publicidade

Estado de Minas

Acampados ocupam sede do Incra em Bauru


postado em 25/07/2013 20:31 / atualizado em 25/07/2013 20:38

Grupos de sem-terra provenientes de acampamentos e assentamentos da região ocuparam nesta quinta-feira o escritório regional do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) em Bauru, na região noroeste do Estado de São Paulo. A sede regional foi tomada por cerca de 90 famílias de acampamentos da região. Uma parte era proveniente de um acampamento de Agudos, enquanto outro grupo procedia de acampamentos do município de Iaras. Os sem-terra reivindicavam o cadastramento das famílias e a demarcação de áreas para assentamentos.

Os manifestantes pediram mais rapidez no processo que o Incra move na Justiça para retomar áreas do Núcleo Monções, ocupadas por empresas de laranja e reflorestamento, e consideradas terras da União. A superintendência do Incra em São Paulo informou que vai iniciar a demarcação de um assentamento em Iaras no início de agosto. O cadastramento das famílias acampadas em Agudos, Bauru e Pederneiras será feito até o final de setembro deste ano. Os invasores desocuparam o prédio no final da tarde.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade