Publicidade

Estado de Minas

FHC critica ideia de plebiscito


postado em 26/06/2013 09:25

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso afirmou, na terça-feira, 25, ser preciso %u201Cque todos os partidos saibam que a reforma política é necessária%u201D, mas opinou que %u201Cdo ponto de vista constitucional, o caminho do plebiscito não é o mais indicado%u201D para realizá-la. %u201CSou entusiasta da consulta popular, mas acho que o governo tem força suficiente para colocar a reforma na pauta do

Congresso. E ela pode então ser submetida a um referendo popular. Mas, agora, o plebiscito vai perguntar o quê? Se as pessoas querem ou não a reforma? Todo mundo quer. Vamos então buscar uma proposta e depois submetê-la à população%u201D sustentou FHC. O tucano, que na terça-feira, 25, afirmou ser própria de %u201Cregimes autoritários%u201D a proposta da presidente Dilma Rousseff de convocar de uma Assembleia Constituinte para a reforma política, defendeu, na campanha de 1998, a mesma ideia. Naquele ano, ele declarou que uma Constituinte deveria avançar nas reformas política, tributária e do poder judiciário. Na eleição de 1994, ele já defendera a convocação de uma Assembleia exclusiva para a revisão constitucional.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade