Publicidade

Estado de Minas

Lacerda se encontra com vereadores aliados para tratar de estratégias da campanha

Estiveram presentes 26 parlamentares de todos os partidos que fazem parte da coligaçaõ "BH Segue em Frente"


postado em 11/07/2012 16:13 / atualizado em 11/07/2012 19:15

Lacerda se reuniu com vereadores nesta quarta-feira para tratar de estratégias da campanha(foto: Juarez Rodrigues/EM/D.A Press)
Lacerda se reuniu com vereadores nesta quarta-feira para tratar de estratégias da campanha (foto: Juarez Rodrigues/EM/D.A Press)


O prefeito de Belo Horizonte e candidato à reeleição, Marcio Lacerda (PSB), se reuniu com 26 vereadores dos partidos que compõe a chapa “BH Segue em Frente” para um almoço. O encontro ocorreu nesta quarta-feira em um restaurante localizado na Zona Sul da capital. Em seu discurso para os aliados, Lacerda pediu que os candidatos sejam parceiros do Executivo nas votações de projetos na Câmara Municipal de Belo Horizonte (CMBH) e também se dediquem à campanha para prefeito. Ele ainda aproveitou para ressaltar a diversidade da coligação. “Temos ampla diversidade política, ideológica e programática. O que nos une é a vontade de atuar por boas políticas para a cidade”, destacou.

O socialista aproveitou para pedir aos parlamentares contribuições para o plano de governo, além de indicações de lideranças para fazer parte dos comitês de campanha. Lacerda também voltou a comentar o rompimento do PSB com o PT. Segundo ele, o afastamento não fazia parte dos planos, mas “foi uma coisa que aconteceu”. Apesar disso, ele aproveitou para cutucar os adversários dizendo que o PT sempre dificultou a reedição da aliança. O recado tem endereço certo, o coordenador da campanha de Patrus e atual vice-prefeito, Roberto Carvalho, que sempre defendeu que o Partido dos Trabalhadores lançasse candidato próprio.

Empate Técnico

Em pesquisa eleitoral divulgada pelo Jornal Estado de Minas nesta quarta-feira, Marcio Lacerda (PSB) aparece com 34% dos votos. Já seu rival, Patrus Ananias (PT), têm 29% das intenções de voto. O quadro revela um empate técnico entre os dois, já que a margem de erro é de quatro pontos percentuais para mais ou para menos. O levantamento foi realizada pelo EMData entre os dias 8 e 10 deste mês. A pesquisa foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) com o número MG 00136/2012

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade