Publicidade

Estado de Minas

Relatório que pede a cassação do prefeito de Campinas começa a ser votado quinta-feira


postado em 16/08/2011 20:19 / atualizado em 16/08/2011 20:20

São Paulo - A Comissão Processante (CP) da Câmara de Campinas apresentou nesta terça o relatório final que pede a cassação do prefeito da cidade, Hélio de Oliveira Santos (PDT). Segundo a Câmara Municipal, o relatório começará a ser votado quinta-feira, após a leitura do relatório, que tem mais de 1,6 mil páginas. A votação poderá levar dias, segundo estimativa da Câmara.

Para que o impeachment seja aprovado, é necessário que 22 dos 33 vereadores votem favoravelmente ao processo.

A instalação da Comissão Processante foi aprovada por unanimidade no dia 23 de maio na Câmara Municipal para apurar denúncias de fraude em licitações e superfaturamento de preços em contratos da Sociedade de Abastecimento de Água e Saneamento (Sanasa), empresa de saneamento de economia mista controlada pela prefeitura.


Publicidade