UAI
Publicidade

Estado de Minas ENCONTRADO APÓS 3 ANOS

Namorada do ator Rafael Miguel comenta prisão do pai: 'Preciso de espaço'

Isabela Tibcherani, de 21 anos, filha do assassino foragido da Justiça, Paulo Copertino, comentou nas redes sociais a prisão do pai em São Paulo


16/05/2022 19:34 - atualizado 16/05/2022 20:14

 Isabela Tibcherani confirmou que a relação com o pai nunca foi saudável
Isabela Tibcherani confirmou que a relação com o pai nunca foi saudável (foto: Reprodução/Redes sociais)

A jovem Isabela Tibcherani, de 21 anos, filha do assassino foragido da Justiça, preso nesta segunda-feira (16/5), Paulo Copertino, comentou nas redes sociais a prisão do pai em São Paulo.

 

"Fui informada do ocorrido. Não consigo falar muito [a] respeito agora, mas quero agradecer todas as mensagens e todo o apoio. É uma mistura muito grande de sentimentos e agora preciso de espaço. Grata. Isabela", disse, na publicação.

 

Há três anos, o pai dela assassinou a tiros o namorado da filha, o ator Rafael Miguel, e os pais dele, por não aceitar o namoro. Em seguida, fugiu e até então não tinha sido encontrado.

 

Em entrevista à TV Bandeirantes, Isabela ao receber a ligação pediu certeza da informação. "Você tem certeza do que você tá falando? Porque eu não posso ter minha vida balançada agora", disse Isabela.

 

A relação dela com o pai era estremecida. A garota disse que ele nunca teve uma boa "índole". "Eu já deixei sempre muito claro que nossa relação nunca foi saudável e que tudo que ele fez, embora não fosse esperado uma reação daquela, não era tão surpreendente pela índole que ele tem", disse.

 

Questionada como se sentia com a notícia da prisão do pai ela comentou. "Eu não posso dizer que me sinto mal mas também não sei dizer se eu me sinto bem. Como eu falei, eu sempre me fiz esse questionamento, eu sempre tive o questionamento de como eu me sentiria diante desta informação. E como eu falei agora há pouco, é um mix de sentimentos, de sensações", completou Isabela.

 

Isabela namorou o ator Rafael Miguel, que atuou na novela Chiquititas do SBT, interpretando o personagem Paçoca. Ele também atuou em comerciais e em outras novelas da TV Globo.

 

O crime, cometido em junho de 2019, teria sido motivado pelo relacionamento da filha de Paulo, Isabela Tibcherani, com Rafael Miguel, à época com 22 anos. O empresário foi até a casa da família do jovem e disparou 13 tiros contra Rafael e os pais do rapaz, Miriam Selma Miguel, de 50, e João Alcisio Miguel, de 52. Os três morreram na hora.

 

Cupertino era procurado pela Interpol e é considerado um dos criminosos mais perigosos do Brasil. Ele foi detido no Jardim Miriam, zona sul da capital paulista, e encaminhado ao Palácio da Polícia. Segundo a polícia, o empresário negou os crimes ao ser preso. Ele é acusado de triplo homicídio duplamente qualificado, por motivo fútil e recurso que impossibilitou a defesa das vítimas. Dois amigos dele também são réus no mesmo caso por terem ajudado o assassino a fugir.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade