UAI
Publicidade

Estado de Minas ACIDENTE

Paraquedista do Exército erra manobra e morre após salto

Bruna Ploner, de 33 anos, se acidentou em Boituva, interior de São Paulo. A vítima sofreu politraumatismo


25/04/2022 08:18 - atualizado 25/04/2022 08:56

Bruna Ploner
Bruna Ploner foi atendida ainda com vida no local do acidente, chegou a ser levada para o hospital, mas não resistiu (foto: Facebook/Divulgação)

Uma paraquedista morreu, na manhã desse domingo (24/4), após fazer um salto em Boituva, interior de São Paulo. Segundo informações do portal G1, Bruna Ploner, de 33 anos, se acidentou ao fazer uma manobra que deu errado.

Ainda de acordo com a publicação, Bruna, que é integrante do Exército Brasileiro, foi atendida ainda com vida no local do acidente e chegou a ser levada para o Hospital Municipal São Luiz, em Boituva, onde morreu.


Segundo a equipe do Corpo de Bombeiros, que foi acionada às 9h, a vítima sofreu politraumatismo. O local do acidente será periciado pela Polícia Civil, que também pediu uma avaliação do equipamento utilizado por Bruna.

Acidente em Manaus

No mês de abril, dois paraquedistas desapareceram depois de caírem no Rio Negro, em Manaus. Eles perderam o controle devido aos fortes ventos que atingiram a região. O corpo de um deles, uma paraquedista do município de Carauari, interior do Amazonas, foi localizado pelo Corpo de Bombeiros.

Dez integrantes do grupo conseguiram pousar em segurança. Outros quatro tiveram que desviar a rota. Dois deles conseguiram pousar em segurança no solo. Um deles chegou a cair em cima de fios elétricos, mas não se feriu. Porém, os outros dois acabaram caindo no rio.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade