UAI
Publicidade

Estado de Minas SOLIDARIEDADE

Após emocionar a internet, vendedor de picolés ganha casa nova no Acre

O homem ganhava cerca de R$ 15 por dia e foi flagrado chorando após não vender nenhum picolé; a cena comoveu um policial, que criou uma vaquinha online


12/11/2021 17:42 - atualizado 12/11/2021 19:11

Vendedor de picolés e PM no Acre
Vendedor de picolés ganha casa nova no Acre, com ajuda de policial (foto: Razões para acreditar/Reprodução )
No Acre, um momento de tristeza terminou em esperança para um senhor de 59 anos, vendedor de picolés. Seu Manoel Vieira é ambulante em Rio Branco, capital do estado, e ganha cerca de R$ 15 por dia. 

No fim de um dia de trabalho, o senhor foi visto chorando por não ter vendido nenhum picolé de seu carrinho. A cena chamou a atenção de um policial militar, Derineudo de Souza, que passava. Comovido com a história, o PM criou uma vaquinha na internet com o objetivo de ajudar seu Manuel. 

O resultado foi uma surpresa: a vaquinha online, em menos de 24 horas, arrecadou R$ 93 mil. A ação solidária teve a participação de 2.402 pessoas e o valor superou em 258% a meta estabelecida para o financiamento coletivo. 
 
“Isso que está acontecendo hoje eu jamais esperaria que fosse assim. Eu pensava uma coisa, mas saiu algo melhor do que eu imaginava", disse o vendedor à imprensa.



Com o valor, seu Manuel e a família saíram da casa de aluguel, feita de madeira, e compraram a tão sonhada casa própria. O novo lar, agora, é feito de alvenaria. Com os muros coloridos, casa mobiliada e eletrodomésticos novos, ele, a esposa e os filhos, vivem uma vida diferente e, certamente, mais esperançosa. 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade