Publicidade

Estado de Minas COVID-19

Doria acusa governo federal de enviar só metade de lote da Pfizer a SP

Segundo o governador de São Paulo, as 228 mil doses do imunizante entregues ao estado correspondem à metade do previsto (456 mil)


04/08/2021 18:08

(foto: Governo do estado de São Paulo)
(foto: Governo do estado de São Paulo)

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), disse nesta quarta-feira (4/8) que o estado recebeu metade das doses previstas de vacinas da Pfizer, o que deve atrasar a imunização de milhares de paulistas. "O governo federal decidiu punir quem fez o certo e foi eficiente na vacinação", declarou Doria em coletiva de imprensa.
Segundo o governador, São Paulo "recebeu ontem [3] 228 mil doses a menos do previsto da vacina da Pfizer. Aquilo que deveria ter sido entregue ao estado não foi. A última remessa de vacinas da Pfizer foi reduzida à metade sem nenhuma justificativa. A decisão que, como governador, qualifico como arbitrária, representa a quebra do pacto federativo". João Doria também afirmou no Twitter que não "aceitará boicotes do governo federal", e que medidas serão tomadas para garantir a imunização da população.



Conforme o governo paulista, um ofício foi remetido ao ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, pedindo o envio de mais 228 mil doses do imunizante em até 24 horas. Isso porque a campanha estadual de SP espera receber 456 mil doses da Pfizer. Segundo estimativa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o estado tem uma população aproximada de 46,3 milhões de pessoas. Assim, tem direito a 22% das vacinas entregues pelo Ministério da Saúde pelo Plano Nacional de Imunizações (PNI).

Pelas regras do Sistema Único de Saúde (SUS), cada estado tem direito a lotes proporcionais à população local, independentemente de público-alvo da vacinação ou tipo de imunizante disponível.

Novos lotes 

Nessa terça-feira (3), o Ministério da Saúde recebeu um lote com mais de 1 milhão de doses da Pfizer. A pasta também comunicou a aquisição de outros 2 milhões, entregues pelo laboratório no último domingo (1º). Ainda segundo a pasta, "ao todo mais de 23,6 milhões de doses da farmacêutica foram distribuídas às unidades da Federação desde o começo da campanha de vacinação".

Em nota, o Ministério da Saúde informou que vai conceder entrevista coletiva à imprensa ainda nesta quarta-feira, a fim de esclarecer a distribuição de doses da vacina a São Paulo. 

Segundo a pasta, foram distribuídos mais de 184 milhões de doses de vacinas para todo o Brasil. E estão em processo de distribuição 9.494.928 de doses às secretarias de saúde de estados e municípios.

*Estagiário sob supervisão de Andreia Castro


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade