Publicidade

Estado de Minas INSULTOS

MPT deve apurar conduta de empresário que humilhou motoboy em shopping

Restaurante italiano é alvo de representação protocolada no Ministério Público do Trabalho. Caso e reivindicações dos entregadores têm sido acompanhados


22/07/2021 08:02

No sábado (17/7), sócio do restaurante foi gravado discutindo com entregador(foto: Reprodução/Redes Sociais)
No sábado (17/7), sócio do restaurante foi gravado discutindo com entregador (foto: Reprodução/Redes Sociais)
Depois de o motoboy Elton dos Santos Silva, 31 anos, ser humilhado por um dos sócios do restaurante Abbraccio do ParkShopping, o caso e as reivindicações da categoria têm sido acompanhados por diferentes instituições. Nessa quarta-feira (21/7), a Procuradoria Regional do Trabalho do Ministério Público Trabalho no Distrito Federal e no Tocantins (MPT-DF/TO) recebeu uma representação com pedido para investigar a conduta do empresário acusado de insultar o entregador. O documento partiu do deputado distrital Fábio Felix (Psol).

O documento também foi enviado à Secretaria de Transporte e Mobilidade (Semob), para cobrar posicionamento acerca da lei distrital que prevê a criação de pontos de apoio para entregadores. No entanto, a pasta não confirmou à reportagem se recebeu a representação. "É possível constatar não apenas a ocorrência da precarização e da ausência de direitos fundamentais mínimos aos trabalhadores como, por exemplo, o de descanso entre as entregas e do acesso à higiene - como visto no ato discriminatório praticado pelo sócio do restaurante", afirmou o distrital.

A Procuradoria Regional do Trabalho deverá informar se houve ocorrência de discriminação social e injúria. A 4ª Delegacia de Polícia (Guará) também apura o caso. Procurados pelo Correio, representantes do restaurante Abraccio comunicaram por meio de nota que não foram notificados sobre a representação. "Mas reforçamos que estamos abertos para contribuir e esclarecer os fatos", ressaltou o documento.

O caso

Um vídeo que circula nas mídias sociais desde domingo (18/7) mostra o momento da discussão entre Elton e o sócio do restaurante italiano Abbraccio - cujo nome não foi divulgado. A briga ocorreu em uma área destinada aos entregadores, no ParkShopping. O motoboy carregava o celular quando o empresário disse que o trabalhador não poderia ficar no local. "Na minha loja, você não pisa mais, não. Estou neste shopping há 15 anos. Não vai chegar motoboy e achar que manda, não", afirmou.

O empresário acrescentou: "Pago R$ 140 mil de aluguel para motoboy sentar aqui?" e "Vou pedir para te excluir do iFood já, beleza?" As imagens repercutiram por todo o país. Na terça-feira (20/7), entregadores de aplicativo promoveram um protesto em frente ao ParkShopping, para cobrar melhores condições de trabalho e respeito aos profissionais.

*Estagiária sob supervisão de Jéssica Eufrásio


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade