Publicidade

Estado de Minas CRIMES DE LÁZARO

Jovem do Maranhão enaltece Lázaro, reage a abordagem policial e é morto

Denunciantes informaram à polícia que o homem postava mensagens ameaçadoras e fotos com uma faca. Na abordagem, o jovem teria atacado os policiais, que atiraram


20/06/2021 09:19 - atualizado 20/06/2021 10:27

Lázaro Barbosa de Sousa, suspeito de triplo homicídio no Incra 9 (foto: Polícia Civil/Divulgação)
Lázaro Barbosa de Sousa, suspeito de triplo homicídio no Incra 9 (foto: Polícia Civil/Divulgação)

Um morador do Povoado Calumbi, Presidente Dutra (MA), suspeito de postar mensagens "enaltecendo" Lázaro Barbosa, 32 anos, foi morto em uma ação policial. Após os agentes receberem inúmeras denúncias informando que o suspeito estaria "enaltecendo" o criminoso apontado pela Polícia Civil do Distrito Federal como o autor da chacina de uma família em Ceilândia, em 9 de junho. 

De acordo com a Polícia Civil, além de enaltecer Lázaro, o jovem teria feito mensagens ameaçadoras nas redes sociais, e divulgado fotos segurando uma faca, "dando a entender que faria algo semelhante".
Quando as equipes da 13ª Delegacia Regional de Presidente Dutra chegaram à casa do suspeito, o encontraram na companhia de um idoso de 90 anos. Segundo a Polícia Civil, o homem não atendeu a ordem policial e tentou atacar a equipe. “Diante da situação apresentada, tiveram (policiais) que efetuar disparos de arma de fogo contra o rapaz”, destacou a unidade policial em nota.

Socorrido pelos policiais, o suspeito chegou com vida ao Hospital Regional de Presidente Dutra, mas não resistiu aos ferimentos. Um inquérito foi instaurado para apurar as circunstâncias da morte. “Lamentamos profundamente o falecimento do jovem, ao passo em que também nos solidarizamos com a família. [...] Não serão divulgadas fotos, vídeos e áudios em respeito aos familiares nesse momento tão difícil”, informou a delegacia, em nota oficial.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade