Publicidade

Estado de Minas PANDEMIA

COVID: após recorde, ministério altera critérios de confirmação de mortes

Novo sistema traz novos campos de preenchimento obrigatórios e afeta dados de todo o país


24/03/2021 14:31 - atualizado 24/03/2021 15:08

Após a alteração dos critérios, o número de registro de óbitos despencou no estado de São Paulo, o que afeta os dados de todo o país(foto: AFP/Reprodução)
Após a alteração dos critérios, o número de registro de óbitos despencou no estado de São Paulo, o que afeta os dados de todo o país (foto: AFP/Reprodução)
O Ministério da Saúde anunciou nesta quarta-feira (24/03) novos critérios para confirmação de mortes por COVID-19.

Agora, a pasta começou a exigir informações como CPF, número do Cartão Nacional do SUS (CNS), a nacionalidade de pacientes infectados pelo vírus e histórico de vacinação. Todos esses campos inexistiam na versão anterior da ficha de confirmação, que é utilizada desde julho de 2020.

A nova ficha exclui algumas informações, como por exemplo, o histórico de viagem internacional.

No caso do CPF, a única exceção para essa obrigatoriedade é para os pacientes declarados indígenas na ficha.
 

São Paulo


Após a alteração dos critérios, o número de registro de óbitos despencou no estado de São Paulo, o que afeta os dados de todo o país.

Na terça-feira (23/03),o número de mortes registradas no estado chegou a 1.021. Nas últimas 24 horas, ele despencou para 281.

 
O dia mais letal da pandemia

O Brasil registrou o maior número de mortes diárias pela COVID-19 com a confirmação de 3.251 novas mortes nas últimas 24 horas. O país totaliza 298.676 mortes pela doença do novo coronavírus. Os números são do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass). 

Foram contabilizados  82.493 novos casos confirmados, elevando o total de confirmações para 12.130.019 infectados pela COVID-19 no país.
 
* Estagiária sob supervisão da editora-assistente Vera Schmitz 
 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade