Publicidade

Estado de Minas PRESA EM CASA

Homem preso por manter idosa em cárcere privado 'para ela não se infectar'

Polícia recebeu denúncia anônima de que a idosa era mantida presa em casa


21/03/2021 09:37 - atualizado 21/03/2021 09:49

(foto: Divulgação)
(foto: Divulgação)
Policiais da 38ª Delegacia de Polícia do Distrito Federal prenderam, neste sábado (20/03), um homem de 52 anos, que mantinha a tia, uma idosa de 77 anos, em cárcere privado. Perguntado sobre o porquê de manter a senhora trancada, ele alegou que era 'para evitar que ela saia sem máscara' e 'seja contaminada pelo coronavírus'.

A polícia teve conhecimento da situação após receber uma denúncia anônima de que a senhora estaria sofrendo maus tratos e sendo mantida presa por um homem que vivia com ela. “Ela disse que ficava trancada sempre que o autor saía de casa”, disse o delegado-chefe da 38ª DP, João Ataliba Neto.

Na ocasião, a mulher afirmou não possuir as chaves de casa e que o autor do crime tinha ido à academia. Segundo os policiais, a idosa passava bem, aparentava estar em boas condições de saúde e também afirmou ter sido vacinada contra a COVID-19.

Os parentes da vítima contaram à polícia que o homem sempre deixou a senhora trancada em casa, que ele não trabalhava e vivia com o dinheiro dela. Ela era isolada dos outros familiares e só podia entrar em contato por meio de um telefone fixo, pois o sobrinho também tinha proibido o uso do celular.

O homem foi preso em flagrante pelo crime de cárcere privado em situação de violência doméstica e familiar. A pena varia de 2 a 5 anos de prisão. A ação fez parte da operação Alten, que significa idosa em alemão.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade