Publicidade

Estado de Minas CORONAVÍRUS NO BRASIL

COVID-19: vacina desenvolvida no Brasil dá mais um passo rumo aos testes

Anvisa deu o 'sinal verde' para que a documentação dos ensaios não clínicos da Versamune-CoV-2FC seja submetida à análise inicial


01/12/2020 21:01 - atualizado 01/12/2020 21:27

Resultados obtidos após os testes em animais foram considerados bons(foto: Thibault Savary/AFP)
Resultados obtidos após os testes em animais foram considerados bons (foto: Thibault Savary/AFP)
Mais uma vacina contra a COVID-19 está caminhando rumo aos testes clínicos. Isso porque os imunizantes feitos pela empresa brasileira Farmacore, em parceria com a PDS Biotech, receberam o apoio da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para que a documentação dos ensaios não clínicos seja submetida à análise inicial. Desta forma, o próximo passo seria a inicialização do protocolo para o ensaio clínico.

Foram apresentados à Anvisa documentos pré-clínicos em testes realizados com a vacina Versamune-CoV-2FC em roedores. De acordo com Frank Bedu-Addo, CEO da PDS Biotech, os resultados obtidos após os testes em animais foram animadores. O especialista mostrou-se otimista em relação aos imunizantes.

“Os resultados pré-clínicos demonstraram potencial para induzir uma resposta imune ampla e robusta. Estamos ansiosos para avaliar nossa vacina em parceria com a Farmacore em ensaios clínicos com humanos e para avançar com nossos estudos, que mostra o potencial de novas vacinas baseadas em Versamune, para fornecer proteção de longo prazo contra infecção por vírus SARS-CoV-2”, disse.

Já Helena Faccioli, CEO da Farmacore, aposta na parceria entre as empresas americana e brasileira para que a vacina continue avançando. "As empresas planejam utilizar vários locais de pesquisa e desenvolvimento nos Estados Unidos e no Brasil para progredir no desenvolvimento pré-clínico e clínico da vacina. A Farmacore liderará os esforços regulatórios e de ensaios clínicos no Brasil, enquanto a PDS Biotech continuará a contribuir com conhecimento científico e suporte operacional”, afirmou.

A vacina Versamune-CoV-2FC combina a plataforma Versamune de ativação imune com uma proteína de fusão recombinante desenvolvida pela Farmacore a partir do Coronavírus 2, da Síndrome Respiratória Aguda Grave (SARS-CoV-2) reconhecível pelo sistema imunológico (antígeno)

O perfil alvo da vacina é fornecer rápida indução de anticorpos neutralizantes, bem como células-T “killer” e células-T de memória contra o vírus SARS-CoV-2, em pacientes vacinados com Versamune-CoV-2FC para proteger contra o COVID-19 e impedir a propagação da infecção.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade